Escolha uma Página

O Gran Turismo Brasil não para de crescer após a reformulação do site e da retomada das atividades, e desta forma o Gran Turismo Brasil com objetivo da continuidade na qualidade dos pilotos participantes em eventos vai restabelecer a Super Licença no quadro de pilotos GTBR.

A pouco tempo atrás valorizavamos a Super Licença, onde os pilotos precisavam de resultados expressivos nas competições que acabavam gerando pontuação no ranking e deste modo o piloto recebia o status de Super Licença no GTBR.

Visto que o Gran Turismo Brasil preza pela disputa limpa, a disputa sem toques respeitando o piloto adversário, sem atalhos, e valoriza a tocada perfeita dentro dos limites da pista o que chamamos de Driving for Perfection, e também na conduta do piloto fora das pistas e no trato e respeito com os demais pilotos, a qualificação de um piloto para ser Super Licenciado certamente irá passar por questões desta ordem e não mais como no modelo anterior em que apenas eram vistos os últimos resultados em campeonatos.

Já presenciamos algumas vezes pilotos extremamente rápidos abusarem dos totós (Push-Push) quando não estão na ponta, usar de trechos em que o jogo não penaliza para obter vantagem de tempo,  prejudicando e dificultando a tocada limpa de seus oponentes.

É certo que por estarmos no ambiente virtual, um ambiente que não nos traz danos financeiros e nem físicos quando nos envolvemos em algum incidente, infelizmente alguns pilotos abusam da tocada mais que agressiva deixando de praticar a tocada que tanto valorizamos, e desta forma prejudicam a corrida de quem procura disputar de forma limpa.

Adotar a tocada limpa é bem diferente que dizer que todo piloto rápido é limpo, e que todo piloto não tão rápido deixe de ser limpo. Claro que queremos ser rápidos, mas antes de mais nada queremos nos divertir em pista sem prejudicar a tocada de nossos amigos que se divertem conosco, sendo assim, o Gran Turismo Brasil para melhora continua da qualidade de seus pilotos vai voltar com o Status de “Super Licença” (SL) mas adotando critérios diferentes de avaliação.

Mas então como os pilotos serão avaliados para receber o Status de Super Licenciados?

Critérios para a Super Licença

A partir deste momento os pilotos que poderão receber o status de Super Licenciados no Gran Turismo Brasil serão pilotos que deverão ser reconhecidos pelos demais pilotos pelas exigências descritas abaixo:

1) Pilotagem limpa e ética;

2) Satisfazer as exigências descritas no estatuto do Piloto GTBR;

3) Não ter em seu histórico de repetidos incidentes de pista, quer estes sejam registrados por outros pilotos ou simplesmente observados pela direção de prova;

4) Não desrespeitar outro piloto dentro ou fora das pistas; (Todo assunto de prova deverá ser tratado da maneira correta e encaminhado em sigilo a direção e prova para apreciação e apuração dos fatos).

5) Ter regularidade de participação nos eventos GTBR;

Em reunião previamente agendada a cada 3 meses, todo piloto integrante da Comissão de Pilotos GTBR poderá indicar a qualificação ou desqualificação de determinado piloto para a Super Licença a Comissão de Pilotos GTBR.

Após relacionar os nomes para qualificação ou desqualificação, os integrantes da Comissão de Pilotos GTBR irão analisar e votar nome a nome a aprovação ou não.

O piloto indicado para qualificação ou desqualificação da Super Licença, deverá obter no mínimo 2/3 dos votos da Comissão de Pilotos GTBR para só então ter o nome ser encaminhado para o crivo da Direção do Gran Turismo Brasil que poderá aprovar ou não a indicação da Comissão de Pilotos GTBR.

Os exigências para a Super Licença poderá ser em qualquer momento alterada pela Direção do Gran Turismo Brasil.

Descredenciamento da Super Licença

O piloto Super Licenciado somente perderá a Super Licença caso seja observado que o piloto deixou de cumprir alguns dos requisitos descritos acima.

A indicação para descredenciar um piloto da Super Licenciado deverá ser apresentada por um membro da Comissão de Pilotos GTBR, e que deverá passar por aprovação de 2/3 da Comissão de Pilotos GTBR e posteriormente enviado para o crivo da direção do Gran Turismo Brasil para só então ser homologado o resultado.

Comissão de Pilotos GTBR

Os pilotos Super Licenciados ou que receberem o status de Piloto Super Licença, poderão ser indicados pelos membros da Comissão de Pilotos GTBR e vir a integrar este time e ajudar na ampliação e avaliação dos demais pilotos. Os pilotos da Comissão de Pilotos GTBR precisam necessáriamente sempre demonstrar em pista e fora delas os requisitos de um PIloto SL e ainda mais, precisa sempre incentivar com ações e atitudes que os demais pilotos, sejam novatos ou não, se interem e pratiquem o espírito de Família GTBR.

Os pilotos que foram descredenciados da Super Licença, não estarão aptos a integrar a Comissão de PIlotos, e os pilotos que perderem a SL também deixarão de ser da Comissão de Pilotos.

As observações dos pilotos integrantes da Comissão de Pilotos GTBR poderão ser realizadas em corridas oficiais, treinos oficiais ou não oficiais.

Obs: Os primeiros pilotos a receberem o status de Super Licença serão de responsabilidade de indicação e avaliação da Direção do Gran Turismo Brasil e a partir de então a Comissão de Pilotos GTBR passa a ser fundamental para a continuidade deste trabalho.

Quais os benefícios de ser um Super Licenciado?

  • Um dos grandes benefícios é pelo fato que você passa a ter prioridade em inscrição em eventos com número de pilotos limitados no GTBR.
  • Se você se tornou um Super Licenciado é porque gosta da disputa limpa e valoriza muito esta característica. Sendo assim você se tornará um membro de Comissão de Pilotos e ajudará o GTBR a manter o padrão de disputa limpa que sempre promoveu.
  • Você terá credibilidade para participar em eventos de comunidades parceiras.

 

Objetivo

Assim como já descrito acima o objetivo da Super Licença é de promover uma melhora continua no modo de disputa e na qualidade dos pilotos que participam ativamente dos eventos do Gran Turismo Brasil. Antes de ser rápido é preciso a aprender a disputar de forma limpa, valorizar o respeito, a ética, seja dentro ou fora das pistas e de tais valores o Gran Turismo Brasil não abre mão. A velocidade e perfeição vem como consequência do trabalho e esforço realizado. O Gran Turismo Brasil valoriza um trabalho sólido de base para que tenhamos no futuro uma alta qualidade de disputa e que leve adrenalina e diversão a todos os amigos do Gran Turismo Brasil.

Quais os benefícios de ser um membro da Comissão de Pilotos?

  • Prioridade em inscrição em eventos com número de pilotos limitados no GTBR.
  • Auxiliar na análise de situação de pista e outras situações que possam ocorrer no grupo de whatsapp do GTBR ou em outro espaço..
  • Você terá credibilidade para participar em eventos de comunidades parceiras.

É com prazer que divulgamos os Pilotos Super Licenciados no Gran Turismo Brasil e integrantes da Comissão de Pilotos GTBR:

01) Alberto Kafejian Silva
02) Bruno Lombardi
03) Conrado Bastos
04) Danilo Takashi
05) Heraldo Gobbi
06) Júlio Till
07) Márcio Almeida
08) Marcos Grina
09) Nei Castro Jr
10) Paulo Silva
11) Rafael Duarte
12) Ricardo Hiratsuka
13) Tavares Junior

Como é a atuação da Comissão de Pilotos?

A cada situação de prova, e cada situação no grupo em que um membro da Comissão de Pilotos acredite que seja necessário a intervenção, ou mesmo situações trazidas por pilotos e usuários do GTBR, o assunto passa por análise de toda comissão, mas como isso é feito. Na maioria das vezes a Comissão segue o seguinte procedimento:

  • Um membro da comissão relata a situação ou encaminha o e-mail so piloto solicitante;
  • São averiguados vídeos e outros provas ou documentos para o auxílio de uma visão mais clara sobre o assunto;
  • Cada membro da Comissão de Pilotos dá seu parecer sobre a situação e faz suas ponderaçoes:
  • Por fim o assunto para por votação entres os membros da Comissão de Pilotos, determinando as decisões sobre o assunto;
  • O piloto ou os pilotos que fizerem parte da ocorrência, são convocados a sua presença no grupo de Comissão de Pilotos, para que a Comissão de Pilotos possa ponderar e considerar alguns aspectos sobre a decisão.

E quando um piloto pertencente a Comissão de Pilotos esta envolvido em algum assunto de pista ou fora dela?
O membro da Comissão não pode dar sua versão sobre o assunto, nem participar das ponderações e muito menos das votações dando total transparência e imparcialidade nos casos analisados.

Vale a pena destacar que até o momento não houve um único caso em que o piloto tenha discordado da decisão da Comissão de Pilotos, portanto com um índice de 100% de aceitação.

O Gran Turismo Brasil é assim, com 12 anos de história se preocupa com a qualidade e com que todos sejam tratados em situações de igualdade.

responseveIframe(); function responseveIframe() { $('iframe').height( $('iframe').attr("height") / $('iframe').attr("width") * $('iframe').width() ); } /*this functions is only needed to see the resize as you drag display border*/ $(window).resize(function() { responseveIframe(); });