Escolha uma Página

Regulamento – 6 Horas de Interlagos– Gran Turismo Brasil

 Gran Turismo Sport / Temporada 2018

Da denominação e participação

 

1.1. O evento 6 Horas de Interlagos  Gran Turismo Brasil

 Gran Turismo Sport / Temporada 2018, organizado pelo site Gran Turismo Brasil, será disputado entre pilotos virtuais brasileiros, ou estrangeiros, a critério da organização, na forma deste regulamento.

1.1.1. Para disputar o evento, os pilotos deverão atender a todos os critérios e condições definidos no site oficial do GTBR antes do início do campeonato.

1.2. O site Gran Turismo Brasil detém todos os direitos relacionados à competição e seus membros organizadores são os responsáveis pela organização, realização e elaboração do regulamento do campeonato.

 

  1. Da organização do campeonato e do sistema de disputa

2.1. O referido Campeonato será disputado utilizando-se o simulador Gran Turismo Sport, da empresa Sony Computer Entertainment, para o console Playstation 4, da mesma empresa.

2.1.2. O circuito que será utilizado no evento será o de Interlagos.

2.1.3. O veículos a serem utilizados neste evento

 

Obs: Os carros do grupo Gr3 ainda terão peso e potência confirmados.

2.2. O sistema de disputa adotado serão os de corrida online e corrida por tempo determinado, por meio do uso de salas privadas disponíveis no ambiente online da PSN pela GTBR Gran Turismo Brasil, criadas especificamente pela organização para a realização do evento.

2.2.1. Os carros serão sorteados por equipe, e cada equipe deverá usar o carro sorteado nas respectivas baterias. Cada equipe terá um carro do grupo Gr1 e um carro do grupo Gr3. Obs: O sorteio realizado via Live Stream no canal do Youtube do Gran Turismo Brasil, definiu carros para todas as equipes conforme tabela abaixo:

2.2.1.2. Os carros não poderão ser alterados, pois todos terão setup travado, mas cada equipe deverá configurar o carro conforme tabela acima. A verificação de peso e potência será verificado pelo administrador da sala antes mesmo da realização da bateria.

2.2.1.3. Todos os carros do grupo Gr3 deverão obrigatóriamente ter faróis amarelos.

2.2.2 As 19.15hs do dia 21 teremos a tomada de tempo com os 12 pilotos da bateria 01. Terão 06 pilotos com carros do grupo Gr1 e 6 pilotos com carros do grupo Gr3. Estes serão agrupados no grid de acordo com o tempo e o grupo de carro que estará pilotando. Os carros do grupo Gr1, serão alinhados a frente dos carros do grupo Gr3.

2.2.2.2 Formação das Baterias. A partir do momento de definição das Equipes e seus respectivos números, as equipes poderão definir os pilotos que irão disputar levando-se em conta a categoria que irá disputar, pois baterias serão configuradas da seguinte forma:

2.2.3. Cronograma:

Dia 21/07/2018

19:00 hs Abertura da sala Oficial 6Horas GTBR01

19:15 hs Tomada de tempo.

19:30 hs Inicio da Bateria 01.

21:30 hs Final da Bateria 01.

21:35 hs Abertura da sala Oficial 6Horas GTBR02

21:45 hs Inicio da Bateria 02.

23:45 hs Final da Bateria 02.

23:50 hs Abertura da sala Oficial 6Horas GTBR03

00:00 hs Inicio da Bateria 03.

02:00 hs Final da Bateria 03.

02:30 as 12:00hs Janela para registrar recursos.

14:00hs as 18:00hs Analise de Recursos.

18:30 Divulgação da Equipe Campeã das 6 Horas de Interlagos GTBR

 

2.2.4. Os Pilotos participantes não deverão abandonar o evento mesmo que esteja em grande desvantagem. Temos apenas 12 oportunidades e as equipes e pilotos inscritos deverão cumprir todo cronograma acima descrito. A equipe ou piloto que abandonar o evento, poderá entrar na lista negra de pilotos barrados de eventos GTBR. Vale a pena lembrar que muitos outros pilotos demonstraram interesse para participar do evento e que devido ao número limitado de pilotos participantes não puderam participar. Desta forma, consideramos anti ético o piloto que se inscreve e abandona o evento, desrespeitando todos os outros pilotos que desejam participar assim como desrespeito a todo trabalho realizado pela organização.

2.2.4.1. Escala de Pilotos. Cada equipe deverá comunicar a organização até a quinta feira dia 19/07/2018 a escalação dos pilotos que irá correr a bateria 01, bateria 02 e bateria 03.

2.2.4.2. Conexão e Travamento. Caso para a administração fique nítido que um piloto tem problema de conexão, lag ou mesmo travamento, a organização do evento poderá retirar o piloto da disputa. Serão realizados apenas um teste de largada, e a organização poderá solicitar a equipe a substituição imediata do piloto em caso de má conexão lag ou travamento. Caso a prova esteja com horário de início comprometido, a organização poderá optar por deixa-lo de fora da disputa caso a equipe não faça uma rápida substituição.

2.2.5. Atrasos: A organização não poderá aguardar por pilotos que não cumprirem o horário determinado, desta maneira é obrigatório que todas equipes inscritas cumpram os horários estipulados no cronograma.

2.2.6. Horário das pistas.

Bateria 01 – 19:15 hs / Bateria 02 – 09:30hs / Bateria 03 – 13:45hs

2.2.6.1.Calculo de voltas: Como os pilotos que passarem pouco tempo antes do piloto vencedor da bateria terão direito a dar mais uma volta, a organização do evento irá aplicar um critério que a cada 85 segundos de tempo extra acima do tempo total de prova realizado pelo vencedor da bateria, será tirada uma volta do piloto em questão, corrigindo assim o desvio de cálculo permitido pelo jogo. Aproveitamos o teste realizado no último domingo para demonstrar como ficou o resultado e como isso seria aplicado.

Ex: Levando-se em conta o resultado do Teste 6 Horas de Interlagos temos as seguintes informações:

Desta forma, nossa planilha de controle ficaria da seguinte forma:

Porém em nosso controle, iremos zerar o tempo do vencedor da bateria e subtrair o tempo dos demais pilotos, ficando no nosso controle da seguinte forma.

Por fim, naqueles pilotos cuja somatória tiver acima de 85 segundos, iremos subtrair os 85 segundos e iremos diminuir uma volta na somatória corrigindo o desvio, conforme imagem abaixo.

Observem como o desvio permitido pelo jogo no caso com o piloto Rafael, Sabino Gunnz foi corrigido, trazendo o resultado para a realidade vista em pista.

2.3.7. Configuração das Salas

As salas deverão seguir os critérios descritos abaixo:

– Tipo de Corrida: Competitiva.

– Propriedade fixa da sala: Não

– Num. Máximo de Participantes: 16

– Largada: Largada no Grid

– Grid de Largada: Mais rápido em primeiro.

– Turbo: Desligado

– Ajustes: Proibido

– Força de Cone de Aspiração: Real

– Danos Visíveis: Desligado

– Danos Mecânicos: Pesado

– Desgaste dos Pneus: 4x

– Consumo de Combustível: 4x

– Combustível Inicial: Padrão

– Redução de Aderência: Real

– Atraso na Chegada: 180 seg.

– Equilíbrio de Desempenho: Desligado

– Classificação Máxima de Pneu: Corrida Suave

– Restrições Padrão: Sem Limite

– Fantasma Durante Corrida: Nenhuma

– Penalidade por Atalho: Forte

– Penalidade por Colisão em Mureta: Nenhuma

– Controle de Colisão em Muretas: Padrão

– Penalidade por Contato Lateral: Desligado

– Corrigir curso do veículo após colisão em mureta: Desligado

– Reposicionar carros que saem da pista: Desligado

– Regras de Bandeira: Ligado

– Assistência de contraesterço: Proibido

– Gerenciamento de estabilidade ativo: Proibido

– Assistência de linha de direção: Proibido

– Controle de Tração: Sem Limite

– ABS: Sem Limite

– Piloto Automático: Proibido

2.3.8. Sorteio dos Carros por Equipe: Na quarta-feira dia 18/07 será realizado o sorteio dos carro a serem utilizados por equipe.

2.3.9. Pit Stop: O uso do Pit Stop será livre. Desta forma cada piloto poderá definir sua estratégia.

2.4.0. Pneus: A escolha dos pneus será permitida entre os compostos Corrida Suave e Corrida Duro.

2.4.1. Campeão: Será declarada equipe campeã, aquela que obtiver a maior número de voltas na somatória das baterias.

 

  1. Das condições de participação no campeonato

3.1. Para estar apto a participar do campeonato, o piloto deverá dispor, no mínimo, dos seguintes equipamentos e condições:

3.1.1. 1 console Playstation 4 atualizado com a último firmware disponível;

3.1.2. 1 joystick ou volante que funcione com o console;

3.1.3. 1 televisor compatível com o console;

3.1.4. Uma boa conexão com a rede mundial de computadores (internet) que permita o acesso à Playstation Network (PSN) e a participação nas corridas online do Gran Turismo Sport sem prejudicar a conexão das salas criadas para a disputa.

3.2. Os pilotos são exclusivamente responsáveis pelo funcionamento dos equipamentos que garantam sua participação no campeonato, isentando o GTBR, nesse sentido, de qualquer responsabilidade quanto a disponibilidade do piloto para participar das baterias.

 

  1. Das regras de conduta e condução durante as corridas online

4.1. As regras detalhadas de condução dos pilotos durante as baterias online serão divulgadas à parte no documento denominado Estatuto do Piloto GTBR, a ser divulgado oportunamente no site da comunidade.

  1. Das penalidades

5.1. Será publicado conjuntamente com o Estatuto do Piloto GTBR normas detalhadas acerca das situações que originarão penalidades aos participantes do campeonato em caso de descumprimento das regras relativas ao evento.

5.2. Embora o sistema de validação das voltas seja o do próprio simulador, a organização deste campeonato se resguarda ao direito de poder sancionar o piloto, inclusive com a pena de desclassificação da corrente etapa ou mesmo do campeonato, caso seja detectada qualquer atitude antidesportiva durante as corridas online, que gere ou não vantagem ao respectivo piloto.

5.3. De igual forma, a organização deste campeonato se resguarda ao direito de poder sancionar o piloto, inclusive com a pena de desclassificação da etapa ou até mesmo do campeonato, caso seja detectada qualquer outra irregularidade durante a realização das baterias, como por exemplo uso de códigos para burlar a programação original do simulador.

5.4. Para fins do 6 Horas de Interlagos– Gran Turismo Brasil, são considerados tipos de penalidade aplicáveis aos pilotos:

5.4.1. Advertência, para as faltas consideradas leves e cuja ocorrência tenha sido a primeira;

5.4.2. Adição de tempo ao tempo total registrado na bateria ou desclassificação de uma das etapas ou de todo o evento, para as faltas consideradas graves e em caso de reincidência nos casos de advertência, a critério da organização do evento;

5.4.3. Suspensão de participação nas próximas etapas ou dos próximos eventos a serem realizados pelo GTBR, para reincidência em faltas de natureza grave, ouvido o Conselho de Pilotos;

5.4.4. Descadastramento do piloto infrator do site, a critério exclusivo da Comissão de Pilotos, no caso de reincidência das penas de suspensão e em caso de grave perturbação do ambiente online da PSN provocada pelo membro em questão.

5.5. Caso o piloto entenda que o julgamento decorrente da aplicação de sanção prevista nos itens anteriores não tenha sido adequado, poderá requerer recurso formalmente à organização, para que esta encaminhe a decisão para análise e julgamento da Comissão Pilotos do Gran Turismo Brasil, para que procedam à revisão ou não da decisão. Neste caso, a decisão do Conselho será definitiva, não cabendo mais recurso por parte do piloto e da organização;

5.5.1. A solicitação de recurso prevista neste item não é aplicável às sanções de advertência, cuja decisão é soberana da instância aplicadora da penalidade.

5.6. Caso haja denúncia de qualquer atitude antidesportiva ou outra irregularidade observada durante a etapa declarada por piloto ou membro no site do Gran Turismo Brasil, encaminhada por e-mail ou pessoalmente à organização, está poderá, a seu critério, proceder à investigação da conduta do piloto, podendo desclassificá-la caso seja confirmada qualquer irregularidade que desrespeite as regras dispostas neste regulamento e nos demais relativos ao campeonato, respeitado o direito de recurso pelo piloto da respectiva volta ao resultado proferido pela organização.

 

Das disposições finais

6.1. Considera-se comunicação oficial, para fins deste regulamento, aquela prestada por membro Gran Turismo Brasil responsável pela organização do campeonato, prestada em destaque na parte do site, Facebook GTBR Oficial e ou e-mail designados para servir oficialmente de canal de comunicação entre os organizadores e os pilotos.

6.2Os pilotos que apresentarem conduta ofensiva a outros membros, seja pela utilização de palavras de baixo calão, por manifestações discriminatórias de qualquer natureza ou outras atitudes que agridam a dignidade de indivíduos ou grupos, na utilização dos canais de comunicação disponíveis no site do Gran Turismo Brasil ou no ambiente online do Playstation 4, poderão, a critério da organização, ser desclassificados permanentemente do campeonato, sem prejuízo de outras sanções.

6.3. O tratamento e a resolução dos demais casos omissos na aplicação deste regulamento serão de responsabilidade da organização deste campeonato e poderão ser analisados pelo conselho de pilotos.

 

responseveIframe(); function responseveIframe() { $('iframe').height( $('iframe').attr("height") / $('iframe').attr("width") * $('iframe').width() ); } /*this functions is only needed to see the resize as you drag display border*/ $(window).resize(function() { responseveIframe(); });