Escolha uma Página

Cayman Porsche Cup – Etapa 03 – 14/01/2018 – Interlagos

Após um período de descanso desde o mês de Dezembro17, agora os pilotos estavam de volta para um dos desafios mais esperados do Cayman Porsche Cup, superar com sucesso as 19 voltas do traçado de Interlagos.

40 Pilotos convocados e 34 presentes para a Etapa 03, um verdadeiro sucesso de adesão com mais de 80% de participação. Sentimos a falta do amigo e piloto Valdemiro que por problemas pessoais não compareceu para etapa. Caro amigo e piloto Valdemiro, sinta-se abraçado por toda família Gran Turismo Brasil e externamos nossos mais pronfundos sentimentos e ainda esperamos nos divertir com sua presença na pista nas próximas etapas.

GTBR3

Asssim como na narração, toas as atenções do GTBR3 estavam voltadas para alguns foguetes presentes como Felipe Caminha, o Kaverna, um piloto sempre muito rápido e que certamente iria dar trabalho, o piloto Daniel de volta as pistas após sua ausência no GTBR1 na E2 e que sempre esteve entre os TOP10 Mundiais nos sazonais do Gran Turismo Sport, o já conhecido João Paulo Aukoc um piloto sempre muito competitivo e presente, a estréia de Everson Vieira no Gran Turismo Sport, um piloto também já conhecido das corridas de Gran Turismo 6 e marcado por tempos incríveis nos qualify’s e que quebrou vários records, Chrislei Vieira que agora de equipe nova iria tentar dar trabalho, sem esquecer de outras feras como Munhoz, André Classen, Rafael Granha, José Guilherme Radaell, Cristian Dariva, Marcel Mello, o retorno de Alberto Silva e a estréia de Marcelo Alves.

Infelizmente Marcelo Alves e Alberto Silva ficaram travados na largada e tiveram a rápida ação do administrador da sala ao retirarem da pista para não atrapalhar os demais pilotos. Mas se querem saber como foi a disputa, então é melhor assistir nossa transmissão abaixo:

Parabéns ao Felipe Caminha, o Kaverna pela vitória no GTBR3, ao piloto Daniel que em seu retorno já conquista a P2, João Aukoc pela P3, fechando assim o pódio. Mas desta vez ao invés de 4 pilotos subirem para o GTBR2, pelo fato de houverem 2 pilotos faltantes no GTBR1, 6 pilotos teriam acesso ao GTBR2 e foram eles:

Felipe Caminha, Daniel Castro, João Aukoc, Everson Vieira, Chrislei Vieira, e Antônio Munhoz. Parabéns a estes pilotos e a todos que fizeram a grande festa e disputa do GTBR3. Vamos ao GTBR2?

GTBR2

Se no GTBR3 a expetativa era monstro para a disputa de vitória e acesso para o GTBR2, no GTBR2 a expetativa era quase um Godzilla. Neste grupo estava Emerson Machado, Fernando Navarro, Matheus Laini, Allan Fatoni e Jhony Supra que subiram do GTBR3 com muita propriedade, mas iriam enfrentar Leonardo Maganha, Diogo Jarrinho, Conrado Bastos que desceram do GTBR1 e que iriam certamente engrossar a disputa para subir novamente, sem esquecer daqueles pilotos que se mantiveram no GTBR2 como Diego Kreusch, Luciano Massafeli, Heraldo Gobbi, Juliano Ramos e Luis Fellipe Bete, ou seja, seria a próva do desespero e qualquer erro poderia resultar em sucesso ou nas últimas posições. O que é mais importante frisar é que sentimos que o espírito do GTBR começa a se fazer presente em todos os pilotos que valorizam mais a disputa, a amizade e diversão colocando o resultado em segundo plano, e isso para nós é uma vitória. Vamos ver então como ficou este fantástico desafio?

É amigos e pilotos do GTBR, qualquer falha é prejuizo certo, e Conrado deve ter se assustado ao ver o mecânico com a mangueira na mão e se mandou dos box antes de reabastecer, tendo que voltar aos box para encarar o olhar incrédulo do mecânico e o reabastecimento. Esse erro lhe custou a vitória do GTBR2 que caiu no colo de Diogo Jarrinho que fez uma corrida sem erros e conquistou a vitória. Após a corrida Conrado ainda quis jogar a culpa no chefe de equipe, mas não teve jeito, pois nossas câmeras registraram o acontecido. Fantástico também foi a pilotagem de Heraldo Gobbi que fez uma corrida conservadora e conquistou a P3, seguido de perto Matheus Laini que fez uma corrida de recuperação e conquistou a P4, todos assim tendo acesso na próxima etapa a GTBR1. Outro piloto que enfrentou problemas no início da prova e ficou na P10 e que vai disputar a GTBR3 é o piloto Emerson Machado.

Parabéns a todos pilotos que disputaram e que abrilhantaram a prova do GTBR2.

GTBR1

É meus amigos, aqui no GTBR não tem grupo fácil, pois em todos os grupos existem pilotos excepcionais e se alguém se acha invencível ou o top dos top, que venha experimentar o quão difícil é estar entre pilotos extremamente rápidos.

No GTBR1, o bicho ia pegar. Bruno Cruzeiro, campeão de vários campeonatos seja aqui no GTBR ou em outros sites e vencedor da E2, Paulo Silva campeão de vários campeonatos seja aqui no GTBR ou em outros sites e vencedor da E1 e que ficou na P2 na Etapa 02 mas que prometia dar mais trabalho na etapa de Interlagos, Guilherme Walicek, sempre rápido e sempre entre os ponteiros, Márcio Almeida um piloto sempre muito competitivo e rápido, Marcus Uemura um piloto sempre muito rápido e constante, Renato Alves sempre muito veloz, técnico e que dificilmente comete erros, Alexandre Joel um piloto que vem fazendo história no GTBR e que sempre esta presente entre os pilotos mais rápidos, e o Homem Raio X, Diogo Amaral, um piloto já conhecido e sempre muito competitivo, iriam enfrentar 4 pilotos que subiam do GTBR2 e que iriam fazer de tudo para engrossar o caldo, os pilotos Thiago Gonzaga, Marcos Grina, Júlio Cotting e Maurício Bolzan.

Infelizmente sentimos a falta mais do que justificável do amigo e piloto Valdemiro e do piloto Maurício Bolzan. Vamos ver como foi a disputa? Nesta transmissão não tívemos narração, mas é algo que estamos acertando para as próximas etapas. Lembramos a todos que antes da corrida, realizamos um qualify de 10 minutos para que sejam organizado o grid de largada.

É GT Maníacos e tarados de plantão, Paulo Silva arrepiou e mostrou a Bruno Cruzeiro que não terá vida fácil. Paulo Silva conquistou a vitória com muita propriedade, com Bruno Cruzeiro de forma incontestável na P2, Guilherme Walicek na P3 fechando o pódio.

Marcos Grina e Márcio Almeida escaparam por pouco da degola do GTBR1 fechando na P8 e P9 consecutivamente, após partirem para uma corrida de recuperação após o toque de Marcos Grina em Márcio Almeida no fim da reta oposta e que fez com que ambos perdessem várias posições. Diogo Amaral em uma estratégia ousada terminou na P7 sofrendo uma forte pressão de Marcos Grina nas últimas voltas.

Renato Alves e Júlio Cotting terminaram próximos com as posições P6 e P5 consecutivamente e Thiago Gonzaga conquistou a P4 com uma estratégia ousada e corrida de recuperação.

Os pilotos que irão disputar a GTBR2 na próxima etapa são: Alexandre Joel e Marcus Uemura que terminaram na P10 e P11.

Parabéns a todos os pilotos que abrilhantaram a Etapa 03 do Cayman Porsche Cup e nosso reencontro esta marcado para 2801 agora no traçado do Autodrome Lago Maggiore GP. Preparem seus instintos e reflexos, porque dia 28 teremos mais emoção e mais borracha queimada nas pistas do Gran Turismo Brasil. Confira todos os outros detalhes como pontuação, regras e muito mais ao navegar por nosso site.

responseveIframe(); function responseveIframe() { $('iframe').height( $('iframe').attr("height") / $('iframe').attr("width") * $('iframe').width() ); } /*this functions is only needed to see the resize as you drag display border*/ $(window).resize(function() { responseveIframe(); });